O que é segurança na nuvem: conheça 6 formas de proteger os dados de sua empresa

A segurança na nuvem, ou cloud security, é uma disciplina de cibersegurança focada na proteção de sistemas de computação em nuvem.

Avatar do usuário Laura Paulino
Laura Paulino

Isso inclui a segurança e a privacidade de dados em infraestrutura e plataformas online.

O processo funciona de forma muito parecida com a segurança nos datacenters locais, mas sem os custos de manutenção das instalações e do hardware.

Como qualquer ambiente de computação, essa tecnologia inclui o uso de medidas de proteção. Dessa forma, é possível ter certeza de que os dados estão realmente armazenados em um local seguro, além de ter acesso imediato às informações referentes aos eventos inesperados (como invasões e alterações no sistema).

Para entender mais sobre a segurança na nuvem, continue a leitura.

Qual o diferencial da segurança na nuvem?

Nos últimos anos, os processos de tecnologia que envolvem a segurança e o sigilo de informações evoluíram consideravelmente, devido à mudança para o cloud computing.

Há alguns anos, os modelos de segurança na nuvem eram muito dependentes do armazenamento de dados local que, como o próprio nome já diz, são feitos com o uso de um servidor local.

Mas com o tempo, as empresas perceberam que desenvolver toda a estrutura de TI interna para realizar o controle de segurança era uma atividade cara e complexa.

E é por esse motivo que os sistemas baseados em nuvem começaram a se destacar, pois eles conseguiram reduzir consideravelmente os custos de desenvolvimento e manutenção.

Segurança na nuvem como um dos fundamentos de sua empresa

Como proteger a nuvem da sua empresa?

Antes de qualquer coisa, é preciso criar estratégias para manter a segurança dessa ferramenta, já que a nuvem também depende de barreiras de proteção.

Pensando nisso, vamos te mostrar algumas formas de proteger a nuvem de ataques cibernéticos:

1. Criptografia de dados

A criptografia de dados é um processo tecnológico que tem como principal objetivo eliminar as chances de hackers obterem acesso aos dados sigilosos da organização.

2. Visualização de erros

Gestores e profissionais de tecnologia precisam enxergar brechas e erros no sistema. Assim, torna-se possível identificar problemas com antecedência.

3. Gerenciador de senhas

É possível definir senhas diferentes para aplicativos, bancos de dados e serviços.

Para isso, é essencial proteger o seu gerenciador com senhas extremamente seguras, com números, letras e símbolos.

Quanto mais aleatória for a senha, mais segura ela será.

4. Proteja todos os dispositivos

Certamente, o sistema será acessado por diversas máquinas.

Por isso, todos os aplicativos utilizados para acessar os dados em nuvem, como computadores, smartphones e tablets, devem ser protegidos com ferramentas de segurança.

Se os dados estiverem sincronizados em diferentes dispositivos e, em algum momento, um deles for invadido, toda a sua presença digital será colocada em risco.

5. Use softwares confiáveis

Os dados que a sua nuvem armazena são extremamente importantes, afinal, eles são sigilosos e contém informações relevantes para a sua empresa.

O problema é que se em algum momento, algum hacker conseguir acessá-los, a organização poderá sofrer graves prejuízos.

Por isso, utilize apenas ferramentas que sejam realmente seguras e eficientes.

6. Monitoramento contínuo

Monitorar de forma constante o que acontece no ambiente digital ajuda a evitar ataques virtuais, ou pelo menos, fazer com que eles não causem tantos impactos negativos.

A sua plataforma de cloud computing deve ter um processo de segurança na nuvem

Por que a sua empresa deve investir em segurança na nuvem

Atualmente, qualquer organização precisa proteger os dados da ação de hackers.

Não importa o tamanho ou o empreendimento do segmento, pois segurança virtual é essencial.

A seguir, veja os principais benefícios que essa tecnologia pode trazer para o seu negócio:

Aumenta o ROI

Assim que essa nova solução tecnológica for implementada na empresa, você conseguirá perceber a diferença no Retorno Sobre Investimento (ROI) de modo muito rápido.

Isso acontece porque, ao adotar um sistema em nuvem, é possível reduzir os investimentos em infraestrutura, já que não será mais necessário utilizar equipamentos caros e espaços físicos para armazenar os arquivos.

https://www.youtube.com/watch?v=-K_GuIHzTGE

Gerenciamento de riscos

Como você já sabe, o monitoramento do sistema é algo que deve ser feito de modo contínuo. Ou seja, os riscos devem ser avaliados de perto e com frequência.

Com as novas tecnologias e atuais políticas de segurança, os riscos foram reduzidos, mas não totalmente eliminados.

A boa notícia é que as ameaças podem ser controladas. Isso porque a cada tentativa de invasão, você será alertado e a ocorrência documentada.

Assim, fica muito mais fácil controlar e gerenciar os riscos que podem comprometer a segurança dos dados organizacionais.

Precisão de projeções e resultados

Armazenar e acessar informações são necessidades básicas de qualquer organização.

Registrar o fluxo de dados de modo manual é um grande risco, já que ao fazer isso, os colaboradores estão mais propensos a cometerem erros.

Mas ao utilizar sistemas baseados na nuvem, as chances de retrabalho e erros operacionais diminuem consideravelmente.

Assim, além de seguros, os processos se tornam muito mais ágeis, já que a análise de informações será feita com maior controle e precisão.

Garante a continuidade da empresa

O roubo de informações pode fazer com que a empresa sofra prejuízos financeiros. Porém, esse não é o único problema.

O vazamento de dados também prejudica a reputação organizacional. Ou seja, será mais difícil fidelizar clientes e atrair investidores.

Contudo, com o menor índice de falhas na segurança, as organizações podem manter a produtividade sem precisarem se preocupar a todo momento com falhas no sistema de segurança.

Aliás, mesmo que algum problema aconteça, você terá mais controle da situação, já que os servidores auxiliares possuem réplicas de dados e armazenam os sistemas de forma segura.

Com a cloud computing, a sua organização consegue centralizar e unificar as informações em um único local.

Além disso, o sistema pode ser acessado de qualquer lugar e a qualquer hora, o que é ótimo para as empresas que possuem funcionários trabalhando em regime remoto ou estão viajando a trabalho.

Mas, como você pode ver ao longo desse artigo, ainda existem ameaças que podem comprometer o armazenamento dos dados. Por isso, não dá para negligenciar a importância da cloud security!

Se você quer saber mais sobre os softwares que garantem a segurança na nuvem e o sigilo das informações confidenciais na sua empresa, entre em contato conosco e faça a sua solicitação!

Segurança na nuvem e sua importância na proteção de dados

Autor avatar
Autor
Laura Paulino